BICHECTOMIA – HARMONIZAÇÃO FACIAL

A bichectomia é um procedimento com surpreendente eficiência e rápida recuperação. Talvez por isso tenha assumido um papel fundamental nessa harmonização facial.

Você já percebeu que as pessoas com boa definição dos contornos da face costumam ser consideradas mais bonitas? Essa definição pode ser alcançada de diversas maneiras; em geral, com uma combinação de fatores.

Entre 2014 e 2015 o número de bichectomias triplicou no Brasil.

Temos que ter cuidado ao indicar qualquer tipo de procedimento invasivo.
Nem todas as pessoas irão se beneficiar da bichectomia.

DR Marcio Walace, será que eu tenho indicação de retirada da “gordura de Bichat”?

Vamos lá. Aqui estão algumas razões e indicações para a realização da bichectomia:

Harmonização da face: na minha opinião, esse é o fator fundamental para indicar uma bichectomia. Através da bichectomia podemos diminuir o volume de regiões que dão aspecto de sobrepeso enquanto marcamos melhor os contornos que realçam a beleza de um rosto magro.

Redução do volume das bochechas: esse é, sem dúvida, o maior motivo de procura das pacientes por uma bichectomia. Atualmente um rosto considerado bonito tem contornos marcados e não arredondados.

Realce das “maçãs do rosto” e definição da linha mandibular: a maioria das maquiagens das mulheres, talvez TODAS, procura realçar a região malar/zigomática (maçãs do rosto), disfarçar volume de bochecha e delinear bem o ângulo da mandíbula. Exatamente os 3 fatores sobre os quais bichectomia alcança maior resultado!

Rosto muito grande em fotos e filmagens: esse não é propriamente um fator científico porém se tornou algo extremamente importante na era das fotogradias digitais, “selfies”, snaps e filmagens. Qualquer exposição da imagem do rosto, quando muito centralizada nele, tende a dar uma impressão de “face volumosa”. Quem nunca ouviu falar que “televisão engorda” !? Talvez por isso os “selfies” tenham começado a chamar a atenção das pessoas para aspectos da sua face as quais elas não haviam prestado atenção anteriormente. Qual de vocês nunca “chupou” as bochechas na hora de uma foto!? Até mesmo as pessoas que já fizeram bichectomia fazem isso na hora de serem fotografadas para valorizarem ainda mais seu procedimento.

Face volumosa apesar da perda de peso ou de ser magra: pessoas que emagreceram desejam parecer magras e muitas vezes um “rosto fofinho” gera insatisfação após um grande esforço para emagrecimento. Por sua vez, algumas pessoas magras e saudáveis podem parecer acima do peso por terem bochechas muito redondas.

“Sorriso gordo”: por mais estranho que possa parecer, algumas pessoas com bons contornos facias apresentam um formato arredondado e pouco definido ao sorrir. É comum evitarem sorrir com muita intensidade, o que não deixa de ser uma limitação na rotina diária (principalmente para pessoas cuja a imagem é pública).

A bichectomia pode ser realizada com anestesia local, com ou sem sedação de acordo com o desejo do paciente. O procedimento costuma durar de de 40-100 minutos pois, apesar de consistir em “apenas uma retirada de duas bolsas de gordura” essas bolsas estão localizadas em uma área nobre por onde passam nervos, vasos e ductos salivares. Por isso, é essencial que o profissional a realizá-lo seja competente e tenha vasto conhecimento da anatomia dessa região.

A recuperação é rápida. O inchaço maior dura cerca de 3 dias e o edema residual costuma diminuir intensamente (80%) até 15 dias. O resultado final é alcançado após 2 a 3 meses de cirurgia.

Se você ainda tem dúvidas, não deixe marcar sua consulta através do seguintes telefones:
Barra da Tijuca:
(021) 39880038 e 995450038

Leblon e Tijuca:
(021) 996016267 – 987726525 – 25129667